Minc concede Medalha Tiradentes a jornalista Flávia Oliveira

Homenageei poucos, como meus mestres Betinho e Chico Mendes. Escolhi Flávia Oliveira, jornalista versátil e profunda. Mulher, negra, de Irajá, do samba, candomblé, referência na economia, contra racismo e intolerância religiosa, faz contraponto da mídia conservadora. Foi uma jornada memorável! Música de Marquinhos de Oswaldo Cruz em homenagem à Flávia, que se emocionou muito, lembrou sua origem, sua fé, a luta contra o racismo, o machismo e a intolerância. Foi lindo! Leve e intenso como a Flávia de Iemanjá!

edit5.jpg
edit6.jpg