Dragagem do Canal de São Lourenço, em Niterói, recebe aprovação prévia do Inea

Entre 2011 e 2013, retiramos 76 embarcações afundadas no Canal de São Lourenço, que prejudicavam a navegação, a pesca, os estaleiros navais e poluíam a Baía de Guanabara com óleo contido nas máquinas. Fizemos este trabalho com apoio da Capitania dos Portos, com grandes guindastes emprestados por estaleiros. Também fizemos estudos para dragagens e encomendamos o EIA RIMA. Tudo foi interrompido! Bom saber que 5 anos e meio depois esta importante intervenção, que ajuda a criar empregos na pesca e na reparação naval, será retomada.

GLOBO DRAGAGEM.png